Ataque russo em Odessa: mísseis caíram a 150 metros de Zelensky

A Rússia anunciou ter atingido um hangar do Porto de Odessa que abrigava drones navais ucranianos

De acordo com o primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, os mísseis caíram a apenas 150 metros de Zelensky e do chefe do governo da Grécia. O governante visitava o Porto de Odessa, juntamente com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, quando o ataque russo atingiu o local.

A Ucrânia acusa a Rússia de atingir alvos civis nos ataques com mísseis que têm caído diariamente em seu território. A União Europeia já condenou o ataque, que deixou pelo menos cinco mortos.

“Mesmo no final [da visita ao Porto de Odessa], ouvimos o som de sirenes de ataques aéreos e explosões muito próximas de nós. Não tivemos tempo para nos abrigar”, adiantou o primeiro-ministro grego após os bombardeios.

A Rússia anunciou ter atingido um hangar do Porto de Odessa que abrigava drones navais ucranianos.