Atletas de badminton do “Manaus Olímpica” conquistam medalhas em Circuito Nacional

Daiane e Rissia competiram juntas na categoria dupla feminina sub-23

As atletas Rissia Maria, 21, e Daiane Carvalho, 18, deram o pontapé inicial na temporada de 2024 conquistando medalhas na 1ª etapa do Circuito Nacional de Badminton, realizada entre os dias 28 de fevereiro e 3 de março, em São Paulo (SP).  Alunas do Núcleo Coroado, localizado na zona Leste de Manaus, Daiane e Rissia competiram juntas na categoria dupla feminina sub-23 e ficaram com a medalha de prata.

Na categoria simples feminina sub-19, Daiane ainda faturou uma medalha de bronze individualmente. “Essa competição foi muito importante, eu pude ter uma experiência incrível de poder jogar com a top 1 do ranking e desempenhar bem. Os treinos e a preparação estão muito fortes. Vamos voltar com os treinos mais intensos ainda para as próximas etapas do ano”, disse Daiane.

Promovido pela Confederação Brasileira de Badminton (CBBD), o torneio reuniu competidores de todas as regiões do país no Clube Pinheiros, localizado na capital paulista. O investimento no badminton vem desde o início do projeto “Manaus Olímpica” e promete novas etapas no ano.

“É com grande orgulho que celebramos as conquistas dos nossos talentos manauaras, iniciando o calendário de badminton em 2024 da melhor forma, subindo ao pódio. Suas performances excepcionais e dedicação exemplar não apenas elevam o nome de Manaus no cenário esportivo nacional, mas também inspiram toda uma geração de jovens atletas em nossa cidade. A Fundação Manaus Esporte parabeniza as atletas e reafirma o compromisso em apoiar e promover o desenvolvimento do esporte em nossa comunidade”, ressaltou o diretor-presidente da FME, Aurilex Moreira. 

Além da Prefeitura de Manaus, as atletas representaram o Clube Cacilda Braule Pinto/CDE05/SEDUC-AM. A equipe amazonense é conduzida pelo professor Taffarel Medeiros, e também conquistou medalhas com Pietro Reis (prata na dupla masculina sub-15) e Gustavo Manoel (bronze na dupla mista sub-17).

“Essa competição foi muito importante para mim, pois consegui desenvolver o que temos treinado nessa pré-temporada, e o resultado foi as medalhas que trouxemos. Para 2024, eu espero mais resultados, não só de medalhas, mas também como ranking para outras competições. E esse ano nós estamos com boas expectativas, estamos treinando muito pesado e o nível só tem crescido”, declarou a atleta Rissia.

Com informações da assessoria