Aumento de quase R$ 1 no preço do litro da gasolina vira alvo do Procon-AM

O preço do litro da gasolina saltou de R$ 5,59 para R$ 6,49 nos postos de Manaus sem justificativa

O aumento de quase R$ 1 no preço do litro da gasolina em Manaus, mesmo sem haver reajuste na Refinaria do Amazonas (Ream), causou estranheza aos consumidores,que denunciaram o caso ao Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM). O órgão iniciou uma fiscalização nos postos de combustíveis após o preço saltar nas bombas de R$ 5,59 para R4 6,49 nas últimas 48 horas.

De acordo com o Procon-AM, as equipes foram às ruas para monitorar de perto e investigar o reajuste, assegurando que esteja em conformidade com as regulamentações vigentes e não comprometa os direitos dos consumidores. A ação deve ser feita durante toda esta semana com apoio da Agência Nacional do Petróleo (ANP), da Delegacia do Consumidor, do Ministério Público Estadual (MPAM) e Comissão do Direito do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).

O diretor-presidente do Procon-AM, Jalil Fraxe, enfatiza que a iniciativa visa garantir a transparência, qualidade dos serviços e a proteção dos direitos dos consumidores.

“É fundamental essa integração entre os órgãos fiscalizadores para uma atuação ainda mais eficiente na proteção dos direitos dos consumidores. Nossa equipe de fiscalização, em conjunto com a ANP, Delegacia do Consumidor, Ministério Público Estadual e Comissão do Direito do Consumidor da Aleam, estará nas ruas para verificar minuciosamente as operações dos postos de combustíveis. Buscamos garantir a lisura e zelar pelos direitos dos consumidores do Amazonas”. 

Sem reajuste na distribuição

A reportagem apurou que, desde o ano passado, não houve reajuste no preço do litro do combustível vendido pela Ream aos postos de Manaus. Cada litro é vendido por R$ 3,06 aos distribuidores – desde o dia 29 de dezembro do ano passado.

Denúncia

Consumidores que identificarem qualquer irregularidade ou desrespeito aos seus direitos podem registrar denúncias através dos canais de atendimento do Procon-AM, por meio dos seguintes canais de comunicação: (92) 33215-4009 ou 0800 092 1512 (segunda a sexta, das 8h às 14h, exceto feriados), site www.procon.am.gov.br ou correio eletrônico: fiscalizacaoprocon@procon.am.gov.br. Se preferir, pode comparecer ao Procon-AM ou aos PACs.