Concurso Nacional Unificado confirma horários de provas e alterações de segurança

Os candidatos dos blocos de nível superior (1 a 7), responderão a 50 questões objetivas - de múltipla escolha

Agência GOV – O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira (17/04) o Edital nº 5/2024 , com os horários de aplicação das provas do Concurso Público Nacional Unificado.

Conforme já divulgado pela pasta, pela manhã, os portões serão abertos às 7h30 (horário de Brasília). Nesse turno, os inscritos para os blocos de nível superior (1 a 7), responderão 20 questões objetivas – de múltipla escolha – sobre conhecimentos gerais e uma questão dissertativa de conhecimento específico. Para o bloco de nível médio (bloco 8), os candidatos farão 20 questões objetivas – de múltipla escolha – e uma redação.

No período vespertino, os portões abrirão às 13h (horário de Brasília). À tarde, os candidatos dos blocos de nível superior (1 a 7), responderão a 50 questões objetivas – de múltipla escolha – de conhecimentos específicos. Enquanto os inscritos no bloco de nível médio farão mais 40 questões objetivas – de múltipla escolha. As provas para o nível médio não incluem questões dissertativas, apenas a redação no período matutino.

Confira os horários de realização do CPNU no dia 5 de maio (horários de Brasília):

Turno matutino

Abertura dos portões:

7h30

Fechamento dos portões:

8h30

Início da aplicação:

9h

Duração da prova:

2h30

Turno vespertino

Abertura dos portões:

13h

Fechamento dos portões:

14h

Início da aplicação:

14h30

Duração da prova:

3h30

Segurança

O Edital também traz a norma de segurança de que fica proibido sair com o caderno de provas, a qualquer momento. Além disso, para ampliar a segurança dos candidatos e a lisura do certame, a Fundação Cesgranrio realizará coleta de dado biométrico de todos os candidatos no dia de realização das provas.

Também como medida de segurança do CPNU, o Ministério da Gestão publicou nesta quarta-feira (17/4) a Retificação do Edital nº 1/2024 que traz a proibição de anotações no cartão de confirmação de inscrição. Qualquer anotação ou impressão no documento sujeitará o candidato à eliminação no concurso.