Gripe: vacinar a grávida também protege o bebê

Ao todo, mais de 428 mil doses foram aplicadas em gestantes durante a Campanha de Vacinação contra a Gripe este ano
As unidades de saúde do SUS continuam mobilizadas em todo o País para vacinação contra a gripe (Foto: Divulgação)

Brasil 61 – A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe deste ano já contabilizou mais de 428 mil doses de vacina contra a gripe aplicadas nas gestantes das regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste. Este número representa 42% desse grupo alvo.

Moradora de Águas Claras, no Distrito Federal, a dentista Lindaura Rebeca Ferreira, de 26 anos, é uma das milhares de gestantes que já se imunizaram contra a gripe neste ano:

“É muito importante se imunizar, até porque eu faço parte do grupo de risco, eu estou grávida. Foi bem tranquilo. Fui em um posto de saúde mesmo em Águas Claras, não peguei fila, foi bem ‘facinho’ mesmo.”

O coordenador do Núcleo de Controle de Infecções do Hospital de Base do Distrito Federal, Julival Ribeiro, destaca a importância de vacinar as mulheres grávidas.

“Ao se vacinar, a mãe produz anticorpos contra o vírus da gripe, que são repassados ao recém-nascido. Portanto, é um dos alvos justamente de toda a campanha: vacinar as gestantes para garantir, durante os primeiros meses, anticorpos para o recém-nascido.”

As unidades de saúde do SUS continuam mobilizadas em todo o País para vacinação contra a gripe. Agora, todas as pessoas com mais de seis meses de idade podem se vacinar. Segundo o Ministério da Saúde, a vacina salva vidas e previne milhões de casos graves e óbitos pela infecção provocada pelo vírus da influenza.

Faça parte do Movimento Nacional Pela Vacinação e diga sim para a vacina contra a gripe. Procure uma Unidade Básica de Saúde com a Caderneta de Vacinação ou documento com foto.

Para mais informações, acesse: www.gov.br/vacinacao.