Institutos do PIM investem R$ 21,3 mi em projetos de startups no Amapá

CITS Amazonas, Idesam e Softex investem em projetos de PD&I em andamento no Amapá
Startups do Amapá recebem investimentos de institutos instalados no PIM (Foto: Divulgação/Suframa)

Aproximadamente R$ 21,3 milhões é o montante que três institutos instalados no Polo Industrial de Manaus (PIM) investem em projetos que estão em andamento na área de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) em startups situadas no Estado do Amapá. A informação é da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Segundo a autarquia federal, um novo aporte de R$ 1,5 milhão será destinado a startups do Amapá, para investimentos em projetos que possam ser incluídos na captação de recursos de PD&I junto às empresas de bens de informática do PIM. Esse valor será investido pelo Centro Internacional de Tecnologia de Software do Amazonas (CITS Amazonas), conforme foi anunciado, no último dia 23 de maio, durante o evento “Pitch Day”, realizado em Macapá, capital do Amapá.

Das 13 startups que participaram do encontro, dez foram selecionadas pelo CITS Amazonas para potencial recebimento desse aporte. “Temos startups de várias áreas, de vários segmentos e em vários estágios. Algumas estão na fase de ideação, de validação do seu protótipo, e outras já estão com produtos prontos e na fase de fabricação. Vamos selecionar algumas delas para passar pelo crivo de aderência e de pertinência ao programa da Indústria 4.0 e também para saber se têm adequação à legislação. Nossa intenção é que R$ 1,5 milhão sejam destinados para startups aqui no Estado do Amapá”, frisou, na época, a gerente da área comercial e inovação do pitchs, Vânia Vial.

Oportunidades de captação de recursos com a ZFM

O superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, destacou que, em complemento aos incentivos estipulados inicialmente quando da criação da Zona Franca de Manaus (ZFM), na década de 1990, foi criada, também, a Lei de Informática da Amazônia Ocidental e Amapá (Lei nº 8.248/1991), com o intuito de estimular a competitividade e a capacitação técnica das empresas brasileiras.

Segundo ele, uma das oportunidades de captação de investimentos para startups, incubadoras, aceleradoras e outros atores de inovação, é por meio de recursos oriundos das obrigações legais de empresas que estão instaladas na ZFM e que se beneficiam da Lei de Informática.

“É gratificante para nós, enquanto representantes da Superintendência da Zona Franca de Manaus, apresentar e explicar os incentivos da autarquia, especialmente para a juventude amapaense, e poder auxiliar até mesmo com a definição das carreiras profissionais, especialmente no campo da Inovação tecnológica”, salientou Bosco Saraiva.

CITS, Idesam e Softex

Além do CITS Amazonas, outros dois programas prioritários de PD&I participaram do Pitch Day: o de Bioeconomia, coordenado pelo Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam), e o de Fomento ao Empreendedorismo Inovador, coordenado pela Softex.

Os três institutos juntos somam quase R$ 21,3 milhões investidos em projetos de PD&I em andamento no Amapá (Veja dados abaixo).

“O Amapá tem um destaque no ramo da Inovação, da Ciência e da Pesquisa, com startups de sucesso, inclusive atingindo o plano nacional, e a Suframa tem estado cada vez mais presente no Estado, por meio dos Programas Prioritários e também desses Institutos que estão investindo e contribuindo para o desenvolvimento no Amapá”, afirmou Bosco Saraiva.

Sob o comando de Bosco Saraiva, Suframa fortalece a integração na Amazônia (Foto: Anwar Assi/Panorama Real)

Investimentos em PD&I (AMAPÁ)- R$ 21.344.069,50*

CITS
Valor total investido em projetos: R$ 9,5 milhões

Quantidade de projetos: 03 (beneficiando mais de 620 alunos diretos e mais de 6 mil indiretos) Universidade Federal do Amapá (UNIFAP):

1 – Projeto de Formação Tecnológica e Capacitação Empreendedora –
R$ 1.994.181,87.
2- Capacitação em Robótica: Inclusão Computacional e Cultura Maker –
R$ 6 milhões.
3 – Projeto de Capacitação Profissional para aperfeiçoamento e
desenvolvimento de Recursos Humanos em Inteligência Artificial com
foco no desenvolvimento da Amazônia – R$ 1.551.393,84.

SOFTEX
Valor total investido em projetos:
R$ 9.951.882,00

Quantidade de projetos: 03

1- UNIFAP: Capacitação de recursos humanos em Inteligência Artificial
com foco no desenvolvimento sustentável na Amazônia – R$ 499.008,00.
2 – UNIFAP: Especialização em sistemas fotovoltaicos – R$ 1.952.874,00.
3 – ITEAM: Empreendedores de Impacto -R$ 7.500.000,00.

IDESAM
Valor total investido em projetos: R$ 1.892.187,50

Quantidade de projetos: 03

1 – Nova prensa para extração de pracaxi (Inova Manejo) -R$
892.187,50.
2- Desenvolvimento do Bioreator de pirólise para aumento da eficiência
e produtividade do Biocarvão de caroço de açaí – R$ 500 mil.
3 – AçaíBlend: Inovação e Expansão – Elaboração de Bebidas Aromáticas
(blends e cápsulas) através do reaproveitamento do caroço do Açaí – R$
500 mil.

*Dados da Suframa