Investigador é afastado após dar soco em mulher na cidade de Pauini; veja vídeo

O caso foi registrado neste fim de semana na cidade de Pauini, interior do Amazonas
O policial civil foi afastado das funções após o ocorrido (Foto: Reprodução)

O investigador da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Alisson Porto Gama, foi afastado das funções após ser denunciado por agredir uma mulher na cidade de Pauini, localizado a 927 quilômetros de Manaus, neste fim de semana. Ele era lotado na 63ª Delegacia Interativa de Polícia.

A denúncia foi feita por um primo da vítima em uma rede social. É ele quem filma o policial logo após a agressão. A mulher ficou com o rosto ensanguentado depois de supostamente levar um soco de Alisson – que estava com a companheira no momento da confusão.

De acordo com a família da mulher, a briga tem motivação política, já que ela faz oposição ao atual prefeito do município. A confusão começou por conta de um comentário que a mulher fez para o investigador para que ele “tomasse cuidado com a federal”. 

O investigador não gostou da atitude e desferiu um soco no rosto dela. Além dele, a família afirmou que um outro homem também chegou a agredir a mulher. 

A deputada Alessandra Campelo, que é da Procuradoria especial da mulher na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), repudiou a agressão e disse que ia falar com o delegado-geral Bruno Fraga. Em nota, a PC-AM anunciou o afastamento do investigador de suas funções para que os fatos sejam apurados pela corregedoria geral do órgão. 

A Polícia Civil do Estado do Amazonas vem a público informar sobre os acontecimentos no município de Pauini. Esclarecemos que o Investigador de Polícia Civil envolvido no incidente foi afastado de suas funções para a adequada apuração dos fatos. 

O caso foi prontamente encaminhado para a Corregedoria Geral da Polícia Civil, que conduzirá as investigações com total rigor e imparcialidade, garantindo que todas as medidas cabíveis sejam adotadas.

Reiteramos nosso compromisso com a transparência, a justiça e a defesa dos direitos de todos os cidadãos. A Polícia Civil do Estado do Amazonas não tolera qualquer forma de violência ou abuso de autoridade e tomará todas as providências necessárias para a correta elucidação dos fatos.

VEJA O VÍDEO: