Irã anuncia prisão de suspeitos por explosões que mataram 84 pessoas

Imagens da TV estatal do país mostraram multidões cantando “vingança, vingança” nos funerais na cidade

Vários suspeitos de participarem de explosões que dexaram 84 pessoas mortas foram presos nesta semana, segundo o ministro do Interior do Irã. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (05/01).

Imagens da TV estatal do país mostraram multidões cantando “vingança, vingança” nos funerais na cidade de Kerman, palco das explosões de quarta-feira (03/01).

O ataque aconteceu durante o memorial para o comandante Qassem Soleimani, que foi assassinado no Iraque em 2020 por um drone dos EUA .

“As agências de inteligência competentes do nosso país encontraram pistas muito boas sobre os elementos envolvidos nas explosões terroristas em Kerman e uma parte daqueles que tiveram um papel neste incidente foram presos”, disse ele sem elaborar.

O Estado Islâmico disse na quinta-feira (04/01) que dois de seus membros detonaram cinturões explosivos na multidão que se reuniu para o memorial de Soleimani na cidade do sudeste.

Com informações das agências de notícias