Manaus está entre as piores capitais no acesso a dados públicos

A capital recebeu nota ‘0’ na disponibilidade de dados sobre assistência e desenvolvimento social
Manáus obteve nota 9 em administração pública e 2 em educação (Foto: Divulgação)

De acordo com levantamento da Open Knowledge Brasil, organização não governamental que se dedica a promover a transparência de informações, Manaus é a vigésima capital no ranking de acesso a dados sobre políticas públicas. Em uma escala de 0 a 100, Manaus recebeu nota 3.

A análise considera informações que são abertas ao público – ou seja, sem a necessidade de solicitação à instituição pública – de forma online e gratuita.

Entre os 15 itens avaliados, a melhor pontuação de Manaus foi 13 referente a finanças públicas. A capital recebeu nota ‘0’ na disponibilidade de dados sobre assistência e desenvolvimento social, cultura, esporte e lazer, habitação, infraestrutura urbana, legislação, meio ambiente, mobilidade e transporte público, ordenamento territorial e uso do solo e segurança pública.

Obteve nota 9 em administração pública, 2 em educação, 11 em saúde e 5 em governança de dados. A melhor pontuação da capital foi no acesso de dados sobre servidores, salários do funcionalismo, e folha de pagamento.

Das 26 capitais do Brasil, 21 foram enquadradas na condição opaca, a pior faixa do índice (zero a 20%), enquanto outras três entraram num nível de abertura ainda considerado baixo, de 21% a 40%. São Paulo e Belo Horizonte, com 48% e 47%, respectivamente, tiveram as melhores avaliações, mas ainda assim num nível médio, abaixo do patamar, de 61% a 80%, que configura um bom índice de dados abertos.