Projeto promovido pela Suframa terá visitas a instituições de educação e inovação no Amapá

O projeto foi lançado oficialmente em dezembro do ano passado

Visitas técnicas a instituições e projetos do ecossistema de educação e inovação em Macapá (AP), com destaque para o programa “Samaúma Tech”, fecharão a programação da Jornada de Integração Regional e Interiorização do Desenvolvimento do Amapá – 2024, que será promovida pela Suframa nos próximos dias 22 e 23 de maio.  

Realizada de forma gratuita, a Jornada tem o objetivo de disseminar os benefícios da Zona Franca de Manaus (ZFM) para empresários, empreendedores, comerciantes, acadêmicos e profissionais liberais de áreas diversas, bem como fortalecer a interação com os Estados da Amazônia Ocidental e do Amapá e contribuir para o avanço do ambiente de negócios na região. 

Executado com recursos de R$ 6 milhões destinados pela Positivo Tecnologia ao Programa Prioritário de Indústria 4.0 e Modernização Industrial (PPI4.0), que é coordenado pelo Centro Internacional de Tecnologia de Software do Amazonas (CITS.AMAZONAS), o “Samaúma Tech” é um programa de extensão da Universidade Federal do Amapá (Unifap) que visa principalmente à capacitação dos professores da educação básica em temáticas tecnológicas como robótica, programação e cultura maker, entre outras. 

A iniciativa pretende capacitar 500 professores e atingir aproximadamente seis mil alunos. Durante a execução do programa, estão previstas também a inauguração de 18 laboratórios tecnológicos  – contendo computadores, kits completos de robótica, telas de projeção e projetores multimídia, programas licenciados instalados e uma plataforma de suporte com materiais de uso didático – em escolas de todos os 16 municípios do Estado, enfatizando o foco na interiorização.

“É uma iniciativa de modernização da educação pública por meio da capacitação de professores e alunos, integrando tecnologias e robótica no âmbito da Indústria 4.0, com o desenvolvimento de conteúdos digitais e a criação de laboratórios tecnológicos junto a escolas estaduais e municipais do Estado do Amapá, dentro de um ambiente integrador que propicia a capacitação e a troca de experiências”, explica a professora doutora Simone Leal, coordenadora do programa.

O projeto foi lançado oficialmente em dezembro do ano passado, em solenidade que contou à época com a presença do superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, e do superintendente adjunto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica, Waldenir Vieira. Passados aproximadamente seis meses do lançamento da iniciativa, equipes técnicas da Suframa e representantes de coordenadoras de programas prioritários do Comitê das Atividades de Pesquisa e Desenvolvimento na Amazônia (Capda) aproveitarão o ensejo da Jornada de Integração e Desenvolvimento em solo amapaense para realizar visitas, na quinta-feira (23/05), à Universidade Federal do Amapá (Unifap) e a escolas da rede pública de ensino a fim de conhecer o desenvolvimento e a evolução do projeto. 

“Este é um programa bastante relevante porque demonstra o espraiamento e a interiorização dos benefícios da Lei de Informática da Zona Franca de Manaus para toda a região, impactando professores, estudantes, acadêmicos, empresários, enfim, movimentando o ecossistema local de inovação. Nossa prioridade será continuar envidando todos os esforços possíveis para que os recursos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação cheguem cada vez mais a toda a área de atuação da Suframa”, afirmou Bosco Saraiva, superintendente da Autarquia.

Com informações da assessoria