Propaganda de Bolsonaro em ponte inaugurada por Lula gera polêmica

Marcelo Ramos gravou um vídeo onde classificou a atitude bolsonarista como “cara de pau”

Bolsonaristas estenderam, nesta segunda-feira (29/04), um banner com a imagem do líder da extrema-direita brasileira, Jair Bolsonaro, abraçado com o deputado federal Alberto Neto (PL), na Ponte Rio Negro, inaugurada pelo presidente Lula, em 2011. A iniciativa foi para chamar a atenção para a visita que Bolsonaro fará ao Amazonas, nesta semana, na tentativa de turbinar a pré-candidatura do parlamentar amazonense à Prefeitura de Manaus.

A peça de propaganda gerou polêmica nas redes sociais e reações de aliados de Lula no Amazonas. Um dos que reagiram foi o pré-candidato do PT a prefeito de Manaus, Marcelo Ramos.

Ele gravou um vídeo onde classificou a atitude bolsonarista como “cara de pau” e lembrou que Bolsonaro não fez nenhuma obra de relevância para o Amazonas.

“A cara de pau do bolsonarismo não tem limite. Os bolsonaristas estenderam um banner na ponte que liga Manaus a Iranduba. Veja como são as coisas. O Lula construiu a ponte e o Bolsonaro botou um banner de propaganda eleitoral nela. Agora, tem um detalhe. Se o Lula quisesse colocar um banner na única ponte que Bolsonaro construiu, não caberia, porque naquela ponte de madeira de 12 metros lá em São Gabriel da Cachoeira não cabe nenhum cartaz”, disse Marcelo Ramos.

VEJA O VÍDEO: