Rodoviários de Manaus ameaçam fazer greve no transporte público nesta quinta-feira (08/02), diz vereador

Segundo o parlamentar, os trabalhadores do transporte reclamam dos constantes atrasos nos pagamentos dos salários

O vereador Jaildo Oliveira (PCdoB) relatou, durante a sessão plenária desta quarta-feira (07/02), que os rodoviários que atuam no transporte público de Manaus podem fazer uma paralisação nesta quinta-feira (08/02), caso não recebam seus vencimentos. A declaração acontece um dia após a leitura da mensagem anual do prefeito David Almeida (Avante).

Segundo o parlamentar, os trabalhadores do transporte reclamam dos constantes atrasos nos pagamentos dos salários e da falta de compromisso e respeito com os profissionais.

“Os salários atrasam, os terminais de linha nos bairros precisam urgente de reformas, mulheres estão dividindo o banheiro com os homens, isso é inadmissível. Há recursos destinados inclusive por mim por meio de emendas, para que essas obras sejam feitas”, detalhou o vereador.

Jaildo ainda destacou a jornada de trabalho dos motoristas e cobradores, que segundo ele, cumprem um horário rigoroso.

“Eles chegam 3h da madrugada nas garagens, todos os dias, trabalham nesse sol escaldante de Manaus, e ainda tem que lidar com atraso de salário? Não sei, de fato, a qual transporte o prefeito se referiu”, finalizou.

Sinetram desmente

Por meio de nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) informou que “não há nenhum risco do sistema de transporte coletivo urbano de Manaus entrar em greve pois todos os salários e benefícios dos trabalhadores da classe estão rigorosamente em dia”.

Com informações da assessoria