Suframa participa do 8º Encontro da Rede Brasileira de Observatórios de Turismo 

A Suframa contribui com a elaboração de indicadores de turismo
Este ano, o evento traz à discussão o tema: “os dados como alicerces na governança os destinos turísticos” (Foto; Divulgação/Suframa)

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) está participando do 8º Encontro da Rede Brasileira de Observatórios de Turismo (RBOT), que ocorre em Manaus, até a próxima quinta-feira (30/05). Este ano, o evento traz à discussão o tema: “os dados como alicerces na governança os destinos turísticos”.

Participam do 8º Encontro da RBOT 282 inscritos, representantes dos 62 observatórios de turismo de estados e municípios de todas as regiões do País, como os estados do Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima, Amapá, Piauí, Maranhão, Ceará, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, entre outros.

Na programação desta terça-feira (28/05), a representante da Suframa na Rede, Rosângela Alanís, apresentou aos participantes, no Palacete Provincial, a contribuição da Autarquia na elaboração de indicadores de turismo em colaboração com os demais participantes da Rede Interinstitucional do Observatório de Turismo da Universidade do Amazonas (UEA).

“Um dos objetivos institucionais da Suframa é estabelecer articulação e coordenação com os entes federativos estaduais e municipais, instituições de ensino e pesquisa para criar sinergia de políticas públicas que resultem na melhoria da qualidade de vida da população e na proteção da floresta amazônica, referentes à área de abrangência da Autarquia. É o que buscamos fazer junto ao Observatório de Turismo da UEA”, destacou.

Matriz Insumo-Produto

Por intermédio da Suframa, nesta edição, a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) foi convidada a contribuir com esse grupo de pesquisa, viabilizando a realização do curso “Utilização da Matriz Insumo-Produto no Planejamento Turístico”, ministrado pelo coordenador-geral de Avaliação de Planos, Programas e de Instrumentos de Desenvolvimento (CGAVI), Sérgio Felipe Melo da Silva.

O curso contou com 64 participantes e foi realizado em duas etapas: a primeira, no modo on-line, nos dias 25 e 26 de maio, e encerrou na segunda-feira (27/05), com uma oficina promovida no período da tarde, nas instalações do Samsung Ocean, localizada no bairro Parque Dez de Dezembro.

Para a coordenadora da RBOT, Giovana Tavares, “a realização do curso foi importante para o nivelamento de informações gerais sobre a ferramenta Matriz Insumo-Produto (MIP), muito útil para o planejamento de ações e análise de investimentos na área do turismo”.

“A composição em rede interinstitucional do Observatório da UEA, que ainda conta com o apoio institucional de outros parceiros, como o caso da Sudam, tem contribuído para fortalecer não apenas o Observatório de Turismo da UEA, como toda a Rede Brasileira de Observatórios de Turismo (BOT)”, destacou Giovana Tavares.

O evento tem continuidade na quarta-feira (29/05), com programação de visita às empresas BIC e Centro de Bionegócios da Amazônia (CBA), no âmbito do Programa Zona Franca de Portas Abertas.

Com informações da assessoria