Suframa prestigia inauguração da fábrica da empresa indiana Bajaj no PIM

A fábrica tem a capacidade de produzir 20 mil motocicletas por mês e a expectativa de gerar aproximadamente 150 empregos diretos e indiretos
A empresa indiana fica no bairro Tarumã (Foto: Divulgação/Suframa)

Representada pelo superintendente em exercício, Luiz Frederico Aguiar, e o superintendente-adjunto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica, Waldenir Vieira, a Suframa participou, nesta terça-feira (25/06), da solenidade de inauguração da fábrica de motocicletas da empresa indiana Bajaj no Polo Industrial de Manaus (PIM).

A fábrica (única fora da Índia) localizada no bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus, tem a capacidade de produzir 20 mil motocicletas por mês e a expectativa de gerar aproximadamente 150 empregos diretos e indiretos.

Estiveram presentes à solenidade, dirigentes como o diretor-executivo da Bajaj Auto, Rakesh Sharma, o diretor-geral de Operações da empresa no Brasil, Valdir Ferreira, e o diretor industrial da Bajaj do Brasil, Adelino Cardoso, além de autoridades como o governador do Amazonas, Wilson Lima, e o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Serafim Corrêa, entre outros representantes de órgãos governamentais e de entidades de classe. 

Na ocasião, Valdir Ferreira destacou que a inauguração da fábrica é a materialização de um grande sonho para o time da Bajaj. “É motivo de muito orgulho e um momento histórico para a empresa, pois é a nossa primeira planta fora da matriz, na Índia”, afirmou.

Segundo o superintendente da Suframa, em exercício, Luiz Frederico Aguiar, a Autarquia vê com muita satisfação a implementação de novos investimentos no PIM. “Trata-se de uma fabricante renomada globalmente e que vai agregar muito ao Polo de Duas Rodas da Zona Franca de Manaus, cujo desempenho em termos de faturamento, produtividade e geração de empregos já vem sendo um dos principais destaques deste ano e, agora, com mais esse novo empreendimento, deve se reforçar ainda mais”, pontou Aguiar.

Com informações da assessoria