Alberto Neto e Maria do Carmo Seffair conversam para formar chapa do campo da direita em Manaus

A confirmação sobre a possível indicação de Maria do Carmo como vice na chapa de Alberto Neto pode acontecer nos próximos dias
Maria do Carmo e Alberto Neto podem formar chapa para representar o campo da direita (Fotos: Divulgação)

O deputado federal Alberto Neto (PL) e a empresária Maria do Carmo Seffair (Novo) intensificaram as articulações para a formação de uma chapa 100% de direita para as eleições municipais deste ano em Manaus. A informação sobre as negociações foi confirmada pelo parlamentar ao portal Panorama Real.

Nos bastidores, as informações dão conta de que Maria do Carmo aceitaria abrir mão de sua pré-candidatura para a Prefeitura de Manaus, uma vez que a mesma não “decolou” – ela tem apenas em torno de 3% da preferência do eleitorado local -, para ser vice na chapa de Alberto Neto.

Segundo Alberto Neto, a confirmação sobre a possível indicação de Maria do Carmo como vice na chapa dele pode acontecer nos próximos dias. A reportagem do Panorama Real procurou Maria do Carmo, mas foi informada pela assessoria que ela prefere não comentar sobre o assunto no momento.

Em entrevista recente para a imprensa local, Maria do Carmo descartou a possibilidade de ser vice na chapa do deputado federal Amom Mandel (Cidadania), que está em segundo lugar nas pesquisas eleitorais. Porém, ela não descartou a possibilidade de compor chapa com Alberto Neto, uma vez que ambos são do campo da direita e possuem afinidades ideológicas.

Alberto não quer ser vice

Conversas dos bastidores indicam que há uma pressão por parte do governador Wilson Lima para que Alberto Neto desista de ser pré-candidato à Prefeitura de Manaus e passe a ser o vice na chapa de Roberto Cidade (União Brasil). No entanto, ele tem descartado essa hipótese e afirma que tem a intenção de concorrer ao cargo majoritário como cabeça de chapa.

Alberto Neto tem o apoio do ex-presidente Jair Bolsonaro e não pretende abrir mão de sua pré-candidatura para concorrer às eleições municipais. O pré-candidato do PL tem buscado novos diálogos para trazer um nome que possa compor a chapa e o faça crescer nas intenções de voto.