Amazonenses do wrestling se classificam para Gymnasiade Mundial de 2024 

Faltam cinco meses para a Gymnasiade no Bahrein
Os atletas estão se preparando para a disputa (Foto: Divulgação)

O Amazonas garantiu 16 vagas no wrestling para a Gymnasiade Mundial, organizada pela Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), que ocorrerá no Bahrein, entre os dias 23 e 31 de outubro. Os atletas, que recebem apoio do Governo do Amazonas, garantiram participação por meio dos Jogos Escolares Brasileiros (Jeb’s) Sub-18, em Aracaju, disputada entre os dias 18 e 23 de maio, no total foram sete medalhas de ouro, quatro medalhas de prata e cinco de bronze.

O wrestling é uma arte marcial que utiliza técnicas de agarramento, como luta em clinch, arremessos, derrubadas, chaves, pinos e outros golpes.

“O Governo do Amazonas está determinado a continuar investindo no desenvolvimento esportivo dos nossos talentos, oferecendo as condições necessárias para que eles possam competir e brilhar em nível nacional e internacional.”, disse o secretário de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), Jorge Oliveira.

Jennifer Queiroz, atleta contemplada pelo Bolsa Esporte Estadual em 2023, conquistou o ouro no estilo livre até 39kg no Jeb’s e se classificou para o Gymnasiade. A jovem amazonense é integrante da Seleção Brasileira de Wrestling e possui em seu currículo conquistas como o segundo lugar na Gymnasiade Nacional e é atual campeã brasileira de sua modalidade.

“É uma sensação ótima alcançar esse resultado, saber que todo o esforço está valendo a pena e tudo o que busco está se concretizando. Gostaria de agradecer a Deus, aos meus pais por todo o incentivo, meus professores e ao Governo do Amazonas que está nos ajudando a alcançar esse sonho”, exaltou Jennifer Queiroz.

Outro destaque é Maik Ibson, também do Bolsa Esporte Estadual 2023, que conquistou ouro no estilo livre até 60kg. O atleta vinha de outra conquista, no início de maio ele venceu o Campeonato Brasileiro de Wrestling Sub-17 e se garantiu na Seleção Brasileira de Wrestling que disputará o Pan-Americano de El Salvador e da Gymnasiade Mundial.

“Faltam cinco meses para a Gymnasiade no Bahrein, então dá tempo de se preparar muito bem. Estou com uma expectativa de uma boa competição, ano eu estive e consegui alcançar um bom resultado, um segundo lugar, e esse ano estou mais experiente e buscarei esse ouro para o Amazonas”, falou Maik Ibson.

Com informações da assessoria