Caprichoso propõe melhorias no regulamento para o Festival de Parintins 2024

O ato simbólico de assinatura do novo regulamento está agendado para esta sexta-feira

O presidente do Boi Caprichoso, Rossy Amoedo, acompanhado pelo procurador do bumbá, Delio Diniz, pelo coordenador dos fiscais, Alessandro Hayden, e do corpo jurídico e fiscal, Rennalt Lessa, participaram de uma reunião com o Secretário de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas (SEC), Marcos Apolo Muniz, representantes da Prefeitura de Parintins, e o presidente do boi contrário, nesta quinta-feira (14/03). O objetivo do encontro foi discutir a reformulação do regulamento do Festival de Parintins para a edição de 2024.

As propostas nas alterações do regulamento foram apresentadas pela Prefeitura de Parintins e discutidas pelos dirigentes dos bumbás e a SEC.

Com validade até 31 de dezembro de 2026, o atual regulamento, segundo o presidente Rossy Amoedo, carecia de atualizações, especialmente em relação a termos obsoletos, como a ausência de critérios para a escolha dos jurados e a falta de regulamentação para a dispersão e concentração dos bois.

Uma das principais pautas discutidas foi a inclusão de um capítulo que estipula punições para bois que não liberem as áreas de concentração e dispersão, visando evitar problemas semelhantes aos ocorridos no ano anterior, quando o boi contrário não deixou a área, prejudicando o início da apresentação do Caprichoso.

Outra evolução significativa foi a definição de critérios mais transparentes para a avaliação dos jurados, assegurando que suas notas estejam alinhadas com os itens estipulados no regulamento.

O Caprichoso também sugeriu mudanças que fossem de encontro com a nova visão de mundo, atualizando o regulamento.
A pauta receberá a atenção devida e será revisitada em mais alguns dias, atualizando somente os anexos que carecem dessa ressignificação. O presidente Rossy Amoedo citou casos como a nota da Sinhazinha da Fazenda, Valentina Cid, no ano anterior, que divergiu do esperado.

“Participamos desta importante reunião e conseguimos avanços significativos junto com nossa equipe, formatando a forma do julgamento aos critérios contidos no regulamento. É importante ressaltar que, pela primeira vez, a discussão do regulamento transcorreu em clima de tranquilidade e cordialidade, sem gerar atritos na relação com o boi contrário, evidenciando um importante passo para a harmonia entre as associações”, disse Rossy.

O ato simbólico de assinatura do novo regulamento está agendado para esta sexta-feira (15/03), durante o evento de Lançamento do Festival, que ocorrerá no Teatro Amazonas, em Manaus.

Com informações da assessoria