Forças israelense mantêm ataques a Gaza enquanto Hamas estuda trégua

O grupo islâmico Hamas estuda plano de trégua, confirmaram fontes palestinas à agência de notícias EFE, que duraria cerca de 42 dias

Israel fez ataques no norte, centro e sul de Gaza, nesta segunda-feira (26/02) que causaram mortes e a destruição de infraestruturas e armas. Já o Hamas estuda proposta de trégua negociada em Paris.

“As forças localizaram [em Zaytun] uma instalação para a fabricação de armas, lançadores de foguetes e sistemas usados pelos Hamas em combate”, de acordo com nota militar, indicando ainda que um número desconhecido de supostos combatentes islâmicos foram mortos e um túnel destruído.

O grupo islâmico Hamas estuda plano de trégua, confirmaram fontes palestinas à agência de notícias EFE, que duraria cerca de 42 dias – coincidindo com o mês sagrado do Ramadã, período sagrado de paz para os muçulmanos.

Durante a trégua seriam libertados cerca de 40 civis israelenses em troca de 400 prisioneiros palestinos. O grupo pode incluir condenados à prisão perpétua, que teriam a possibilidade de serem deportados.