Vendas de chocolate no período da Páscoa devem aumentar em 3% na capital amazonense

48% dos entrevistados pretendem presentear os filhos com chocolates

Passada a folia do carnaval, o calendário de vendas do varejo nacional começa os preparativos para a Páscoa. Segundo pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus) foram adquiridas 38 mil toneladas de chocolate para a produção de diversos produtos. O levantamento estima um crescimento nas vendas de 3% em relação ao ano passado e movimento de cerca de cinquenta e nove milhões e seiscentos mil no comércio de Manaus, com um ticket médio de aproximadamente R$ 152,00.

O levantamento revelou que 61,3% dos entrevistados pretendem realizar compras nesta época, sendo que os principais fatores que influenciam a compra são o gosto por chocolates (51%); costume de presentear (27%); tradição (19%); outros motivos (16%); considera um gesto importante (5%) e (4%) para retribuir um presente.

O presidente da CDL Manaus, Ralph Assayag, comenta a expectativa para a data.

“A Páscoa de 2024 promete ser excepcional. Com uma vasta variedade de ovos de Páscoa e outras opções disponíveis em supermercados e lojas, há algo especial para todos. Agora, contamos com o apoio da população para aderir a este momento, fazendo com que seja uma época de alegria e de compartilhar presentes, especialmente para as crianças, tornando a Páscoa de 2024 verdadeiramente memorável”, disse.

O que pretendem comprar?

De acordo com o levantamento, os itens mais desejados para a Páscoa são: ovos de chocolate com (54%); caixa de chocolate (54%); ovos caseiros (45%); barras de chocolate (43%); cestas personalizadas (16%); colamba pascal (14%) e outros (5%).

Quem pretendem presentear?

A pesquisa revelou que durante o período festivo, os entrevistados têm a intenção de presentear diferentes pessoas. Os filhos foram a primeira escolha, com (48%) dos entrevistados pretendendo presenteá-los; seguido pelos pais e mães, com (38%). O cônjuge foi escolhido por (29%) dos entrevistados, enquanto (23%) pretendem presentear irmãos. (21%) pretendem presentear a si mesmos; (20%) namorado (a); enquanto sobrinho foram (18%); amigos (16%); netos, colegas, professor, afilhado, enteado (a) e outros (5%).

Locais onde preferem fazer as compras

Com relação ao local onde os entrevistados preferem fazer suas compras, os dados indicam que (34%) optam por supermercados; enquanto (23%) preferem ir ao shopping center. Uma parcela de (23%) prefere fazer compras em confeitarias; (7%) preferem o comércio de bairro; (5%) optam por fazer compras em lojas virtuais ou pela internet e (4%) comércio do Centro.

Fatores que influenciam na compra

A pesquisa também identificou os principais fatores que influenciam na decisão de compra dos consumidores entrevistados. Dos participantes, (79%) consideram que a qualidade do produto é um fator determinante. Além disso; (64%) afirmaram que promoções e descontos são decisivos; enquanto 43% procuram por locais de fácil acesso; (30%) prezam pelo atendimento; (29%) valorizam a diversidade de produtos oferecidos; (23%) optam por facilidade de pagamentos e frete grátis; enquanto (20%) prezam por comodidade e (2%) outros fatores.

Quanto pretendem gastar?

Ao serem questionados sobre o valor que pretendem gastar, os entrevistados apresentaram as seguintes respostas: (43%) pretendem gastar entre R$ 101 a R$ 200; (39%) planejam gastar até R$ 100; (11%) estão indecisos e (7%) estimam gastar de R$ 201 a R$ 400;

Formas de pagamentos

Sobre a forma de pagamento, (59%) dos clientes optam pelo pagamento no pix; (23%) preferem cartão de débito e dinheiro, enquanto (20%) preferem o cartão de crédito parcelado. Já o cartão de crédito à vista é a escolha de apenas (16%) dos clientes, enquanto (4%) ainda não decidiram como irão realizar o pagamento.

Onde pretendem comemorar a Páscoa

Os entrevistados foram questionados sobre seus planos para comemorar a Páscoa, e a maioria expressou que passará a data em casa – um total de (68%). Outros (13%) disseram que celebraram com seus parentes, enquanto (9%) optaram pela casa dos pais. Apenas (2%) têm planos de viajar, enquanto outros (2%) e (6%) ainda não se decidiram.

Metodologia

O levantamento foi conduzido por meio de uma combinação de Google Forms, aplicativos de mensagens e entrevistas pessoais durante o período de 9 a 20 de fevereiro. O universo da pesquisa envolveu 2.285 questionários aplicados a homens e mulheres com idade igual ou superior a 18 anos, residentes na zona urbana de Manaus.

Com informações da assessoria