Maioria dos países da UE pede “pausa humanitária imediata” em Gaza

Os países concordam em "exigir uma pausa humanitária imediata que leve a um cessar-fogo sustentável"

Países da União Europeia pedem “uma pausa humanitária imediata que leve a um cessar-fogo sustentável” em Gaza. No total já são 26 de 27 países que compõem a UE.

A informação foi repassada pelo chefe de política externa da União Europeia, Josep Borrell, a repórteres nesta segunda-feira (19/02).

Os países concordam em “exigir uma pausa humanitária imediata que leve a um cessar-fogo sustentável, à libertação incondicional dos reféns e à prestação de assistência humanitária”.

Borrell não disse qual país da UE não concordou com a declaração, mas diplomatas afirmam que a Hungria bloqueou uma declaração semelhante há alguns dias.