Operação do Porto Chibatão cresce 700% e Suframa discute melhorias na demanda logística

Também foi tema de discussão a capacidade ociosa do Porto Chibatão, que atualmente apresenta uma taxa de armazenagem de cargas em 43%
A visita ocorreu nesta segunda-feira (11/03) – Foto: Divulgação/Suframa

A Suframa realizou nesta segunda-feira (11/03), visita técnica ao Porto Chibatão, localizado na rua Zebu, no bairro Colônia Oliveira Machado, zona Sul de Manaus. Durante a ação, foram discutidas os principais obstáculos e as ações necessárias para o aprimoramento da infraestrutura logística e capacidade portuária da cidade.

O superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, acompanhado de técnicos da Autarquia, foi recepcionado pelo diretor executivo geral do grupo Chibatão, Jhony Fidelis, e outros executivos da companhia, os quais promoveram uma visita guiada pelas principais áreas do porto.

Crescimento

No encontro, foram apresentados números indicadores da expansão da capacidade operacional do Porto Chibatão ao longo do tempo. Em comparação com 2010, a movimentação de cargas saltou de 100 mil TEUs – abreviatura do termo da língua inglesa ¨ Twenty-Foot Equivalent Unit¨, que é uma medida-padrão usada para calcular o volume de carga de um ¨contêiner¨ marítimo- para 751 mil TEUs em 2021. “São números que destacam a importância estratégica do porto para a economia local e nacional, servindo como um elo vital no escoamento de mercadorias”, observou Saraiva.

O Porto privativo expandiu a capacidade operacional para mais de 700% em 11 anos – Foto: Divulgação

Também foi tema de discussão a capacidade ociosa do Porto Chibatão, que atualmente apresenta uma taxa de armazenagem de cargas em 43% e uma taxa de atracação de navios em 73%. “Isso indica que o Porto Chibatão não está apenas pronto para a demanda logística atual, mas está plenamente preparado para o crescimento econômico de Manaus”, frisou Fidelis.

Durante as conversas, a diretoria do grupo Chibatão ressaltou a importância da Suframa para a região e destacou como o setor produtivo local se beneficia das ações adotadas pela Autarquia na promoção do desenvolvimento econômico sustentável. “Através de incentivos fiscais e medidas de apoio, a Suframa atrai investimentos, fomenta a competitividade e estimula a geração de empregos e riquezas em Manaus e no estado do Amazonas como um todo. Por isso, aprovamos todas as ações coordenadas pela Suframa para atrair novas empresas para cá, pois isso significa a possibilidade de expandirmos a capacidade operacional do Porto Chibatão, isso significa mais emprego e renda para a região”, explicou Fidelis.

Logística

Ao final da visita, o superintendente ressaltou a importância da visita, da colaboração entre os setores público e privado na construção de uma infraestrutura logística robusta e eficiente e destacou perspectivas promissoras para a economia local.