Prefeitura de Manaus e polícia apuram denúncia de motorista que pegou saco de dinheiro na Semcom

A Polícia Civil recebeu a denúncia e também iniciou a investigação

Considerado um dos responsáveis pelo fracasso na divulgação do trabalho da Prefeitura de Manaus, o secretário Municipal de Comunicação (Semcom), Israel Conte, está envolto agora em outra polêmica. Um vídeo que circulou, nesta quinta-feira (14/03), mostra o motorista de um portal de notícias recebendo dinheiro em espécie na sala da Semcom, na sede da Prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, zona Oeste da cidade.

Após o site Metrópoles divulgar um vídeo que mostra um homem, que seria motorista de um site de notícias de Manaus, pegando uma sacola com dinheiro em espécie na Semcom, a Prefeitura de Manaus informou que iniciou uma apuração para saber em que circunstâncias as imagens foram gravadas.

A Polícia Civil recebeu a denúncia e também iniciou a investigação. De acordo com a reportagem do Metrópoles, o vídeo que registra o pagamento suspeito de dinheiro, em espécie, para um homem que se identifica como motorista de Elson Santos, dono do portal de notícias O Abutre.

Nas imagens, gravadas dentro da Secretaria de Comunicação de Manaus, o homem utiliza um celular em uma das mãos para confirmar a entrega de uma sacola. O motorista avisa à servidora que o atende que seria do site O Abutre. Logo em seguida, a mulher entrega uma sacola lacrada. O homem continua a filmar e se dirige a um banheiro público, no mesmo local.

Ao fechar a cabine, o motorista abre a sacola sobre a caixa da descarga do vaso sanitário e retira um envelope. Em seguida, retira três maços grandes de dinheiro. Após empilhar o dinheiro, o homem vira a câmera para o próprio rosto e sorri. Logo depois, a gravação é finalizada.

Dono de site diz não saber de nada

À reportagem do Metrópoles, Elson Santos negou que tivesse qualquer conhecimento sobre o vídeo e pontuou que não sabia sobre a entrega de dinheiro para um de seus funcionários.

“Esse homem que aparece nas imagens é meu motorista, trabalha levando minha filha para escola. Ele foi até a Secretaria de Comunicação sem o meu conhecimento e pegou esse dinheiro sem a minha anuência”, disse ele.

Veja o vídeo divulgado pelo Metrópoles: