TRE-AM rejeita pedido de cassação contra David Almeida e o irmão dele

O MPE pedia a cassação de David Almeida, Daniel Almeida e de David Reis

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) rejeitou, por unanimidade, nesta quarta-feira (17/04), o pedido de cassação do prefeito David Almeida, do deputado estadual Daniel Almeida e do vereador de Manaus, David Reis, todos do Avante. Eles eram acusados de abuso de poder na eleição de 2022.

O Ministério Público Eleitoral (MPE) investigou um evento promovido pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), em setembro de 2022, com sorteio de eletrodomésticos e distribuição de lanches e bebidas. A suspeita era que os políticos utilizaram da ação para se promoverem politicamente.

Para o MPE, houve favorecimento às candidaturas de David Reis, que disputava o cargo de deputado federal, mas foi derrotado, e de Daniel Almeida, que foi eleito deputado estadual. Além da cassação, o MPE queria a decretação de inelegibilidade dos políticos.

A desembargadora Carla Reis afirmou que não houve gravidade suficiente para gerar a cassação e votou pela improcedência dos pedidos. Ela foi acompanhada pelos colegas.