Wilson Lima diz que vai cumprir decisão da Justiça sobre retirada de flutuantes no Tarumã

Governador do Amazonas disse que vai cumprir a decisão da justiça sobre a retirada de flutuantes

O governador Wilson Lima afirmou, nesta terça-feira (05/03), que vai cumprir a decisão judicial referente a parte do Governo do Amazonas na retirada de flutuantes irregulares na região do Tarumã, zona Oeste. Na segunda-feira (04/03), a Prefeitura de Manaus havia pedido apoio policial para iniciar a ação de retirada dos flutuantes.

Segundo o governador, a retirada de flutuantes do lago do Tarumã-Açu é uma medida delicada, mas que pretende colaborar com a Prefeitura de Manaus.

“Essa é uma questão delicada, mas que precisa ser resolvida em razão da sustentabilidade e da preservação dessa área do Tarumã. Vamos seguir o que for determinado pela Justiça. Aquilo que a Justiça entender que é o caminho, o Estado do Amazonas está à disposição para colaborar, naquilo que estiver dentro de nossa competência”, declarou Wilson.

Os donos ele e representantes de flutuantes se reuniram nesta terça-feira (05/03) para definir o que vão fazer para tentar evitar que sejam retirados da área.

Decisão judicial

O juiz Moacir Pereira Batista, no último dia 29 de fevereiro, autorizou o uso de força policial para a retirada dos flutuantes do lago, que fica na margem esquerda do Rio Negro.  Caso a ordem não seja cumprida no prazo de 10 dias estipulado pelo juiz, a prefeitura será multada em R$ 15 milhões.