Em meio a críticas, Amom lança pré-candidatura a prefeito de Manaus na próxima sexta-feira (23/02)

Anúncio foi confirmado pela federação PSDB-Cidadania
Amom Mandel é deputado federal pelo Cidadania (Foto: Reprodução Rede Social)

Após pedir um tempo para definir seu futuro nas eleições municipais de 2024, o deputado Amom Mandel (Cidadania-AM) decidiu que vai disputar o pleito deste ano e se lançará como pré-candidato a prefeito de Manaus, na próxima sexta-feira (24/02), às 10h, em evento a ser realizado no salão do restaurante Bom Prato, no bairro Cidade Nova, zona Norte. A informação foi confirmada pela federação PSDB-Cidadania.

Segundo a assessoria, Amom concederá uma coletiva à imprensa sobre o assunto. “Em seguida, Amom inicia o circuito em que até a eleição vai passar por todos os bairros e comunidades rurais coletando propostas da população para o Plano de Governo. Cada semana, um bairro será visitado por Amom”, disse a nota da federação.

Momento crítico

O lançamento da pré-candidatura do parlamentar ocorre num momento em que Amom Mandel tem recebido uma “chuva” de críticas de internautas após atacar o presidente Lula, que classificou como genocídio a política levada a cabo por Israel contra a população palestina na Faixa de Gaza. Amom foi duramente criticado por ignorar os massacres e assassinatos cometidos contra civis palestinos, principalmente mulheres e crianças, pelo governo de extrema-direita liderado por Benjamin Netanyahu.

O anúncio da pré-candidatura de Amom ocorre, também, após o deputado federal fazer graves acusações contra a cúpula da Segurança do Amazonas, a qual acusou de ter envolvimento com facções criminosas e o tráfico de drogas.