Shádia Fraxe e Renato Junior deixam secretarias e podem ser vice na chapa de David Almeida

Eles foram exonerados dos cargos, na quinta-feira (06/06), último dia para a desincompatibilização para quem pretende concorrer a uma vaga na chapa majoritária nas eleições de 2024
Secretários Renato Junior e Shádia Fraxe foram exonerados e podem ser vice de David Almeida (Fotos: Divulgação)

Os titulares das Secretarias Municipais de Infraestrutura (Seminf) e de Saúde (Semsa), Renato Junior e Shádia Fraxe, respectivamente, foram exonerados dos cargos, na quinta-feira (06/06), último dia para a desincompatibilização para quem pretende concorrer a uma vaga na chapa majoritária nas eleições de 2024. Com a exoneração, ambos ficam aptos para serem escolhidos como vice do prefeito David Almeida, que tentará a reeleição na disputa eleitoral deste ano.

Tanto Renato Junior quanto Shádia Fraxe são filiados ao Avante, mesmo partido de David Almeida, que tem optado por formar uma chapa “puro-sangue”, sem descartar, porém, totalmente, a possibilidade de nomear um vice de outro partido. No mês passado, o pré-candidato à reeleição afirmou que confirmará quem será o seu vice somente no dia 31 de julho.

Nos bastidores da política, o nome preferido pelo prefeito seria o de Renato Junior. Entretanto, ele está inelegível devido à “irregularidades” na prestação de contas eleitorais de 2018, situação essa que ainda pode ser revertida na Justiça Eleitoiral, o que possibilitaria ao ex-secretário da Seminf concorrer nas eleições deste ano.

Porém, enquanto o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) não conclui o julgamento de Renato Junior, o nome de Shádia Fraxe ganha força e passa a ser a mais cotada para a vaga de vice de David Almeida. “O nome da ex-secretária de Saúde é o mais forte hoje para a vaga de vice do prefeito, por causa da situação do Renato Junior na Justiça Eleitoral”, disse ao portal Panorama Real uma fonte do grupo político de David Almeida, que pediu para não ter o nome divulgado.

Mudanças na Casa Militar

Além de Renato Junior Shádia Fraxe, o prefeito David Almeida exonerou, também, o chefe da Casa Militar, o capitão William de Oliveria Dias. Ele, também, deverá concorrer nas eleições deste ano, sendo uma opção remota para vice. Segundo fontes próximas ao prefeito, William Dias poderá concorrer, também, a um cargo de vereador por Manaus.

Jesus fica

O secretário Municipal de Habitação, Jesus Alves (MDB), que chegou a ter o nome cotado, também, para ser o vice de David Almeida, não foi exonerado e permaneceu na pasta. Com esta decisão, ele não poderá concorrer nas eleições deste ano.

Reforço na equipe

O advogado Paulo Radin, presidente municipal do PSD, partido do senador Omar Aziz, foi nomeado secretário extraordinário da Prefeitura de Manaus. Ele trabalhou com David Almeida, na época em que o prefeito era presidente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), entre 2016 e 2018.